« Home | Suspenden juicio contra periodista independiente T... » | Agredido periodista independiente encarcelado Cieg... » | En celda de castigo prisionero de conciencia Por L... » | Detienen opositor pinareño en Ciudad Habana Robert... » | Niegan asistencia medica a prisionero de concienci... » | Amenazado periodista independiente LA HABANA, Cub... » | ¿UN QUINQUENIO GRIS O CINCO DECADAS NEGRAS? Oswal... » | Trasladan a campo de concentracion a preso de conc... » | '..Los caminantes disidentes Ramon Velazquez Toran... » | Reanudan Marcha por la Unidad Nacional RANCHUELO,... »


Madrid: CDS com vítimas do terrorismo


Decorreu esta tarde em Madrid uma manifestação de apoio às vítimas do etarra DeJuana Chaos a qual exigiu que este dirigente etarra cumprisse integralmente a pena de prisão de de 12 anos, que lhe foi reduzida a 3 anos pelo Supremo Tribunal de Espanha, assim como a máxima firmeza na luta contra o terrorismo por parte do Governo espanhol.

Esta manifestação foi convocada pela Associação de Vítimas do Terrorismo e contou com o apoio do Partido Popular espanhol. Os participantes foram unânimes na exigência de justiça e de respeito pela memória das vítimas do “Comando Madrid”.

João Vacas, membro da Comissão Política Nacional do CDS-PP, coordenador adjunto das relações internacionais do partido e responsável pela secção de Direitos Humanos, esteve presente neste evento que reuniu milhares de pessoas na Praça Cólon significando todo o apoio dos democratas-cristãos portugueses à causa da luta anti-terrorista em Espanha.

“Memória, Dignidade e Justiça são três palavras que o Governo Espanhol parece ter esquecido” afirmou João Vacas fazendo alusão ao título da manifestação de hoje. "O CDS manifesta toda a sua solidariedade com as vítimas do terrorismo etarra e associa-se a todos os espanhóis de boa vontade na condenação deste flagelo” concluiu.